Search
Close this search box.

Suplentes de vereadores investigados por corrupção na Câmara de Petrópolis

Os suplentes dos quatro vereadores afastados da Câmara de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, foram convocados para assumir as vagas no legislativo. Os vereadores são investigados por corrupção.

Os suplentes entraram com mandado de segurança na Justiça, pedindo para assumir os cargos. O pedido foi aceito pelo juiz Jorge Luiz Martins Alves, da 4ª Vara Cível de Petrópolis.

De acordo com a decisão, o presidente da Câmara, vereador Roni Medeiros, tem até as 14h desta segunda-feira (21) para dar posse aos suplentes Marcelo Lessa, Hingo Hammes, Jamil Miguel Sabrá Neto.

O juiz Jorge Luiz Martins Alves informou que o pedido de posse feito pelo suplente Jorge Luis Martins (Jorginho do Banerj) só foi requerido no sábado (19) e, por esse motivo, a decisão só sairá na madrugada desta terça-feira (22), dia da primeira sessão ordinária após o período de recesso.

Em nota enviada ao G1, a Câmara de Petrópolis informou que “até as 11h de hoje (segunda-feira, dia 21), a Câmara Municipal ainda não foi citada da decisão noticiada pela imprensa, de convocação dos suplentes em caráter de urgência, que também não se encontrava disponível no site do TJ/RJ”.

Disse ainda que “tão logo seja citada, a Câmara adotará de imediato as medidas determinadas pela Justiça”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Matérias

Pesquisar...