Volta Redonda mantém liderança em geração de empregos mesmo com saldo negativo

Loading

Apesar de ter fechado janeiro com 412 demissões a mais do que admissões, Volta Redonda manteve o posto de maior geradora de empregos no Estado do Rio, quando considerado o desempenho nos últimos doze meses, o que anula o efeito de eventos sazonais sobre o cálculo. A cidade acumula um saldo positivo de 2.136 postos de trabalho entre fevereiro de 2018 e o mês passado. A segunda posição ficou com São João da Barra, cidade do Norte Fluminense que abriga o Porto do Açu e acumula um saldo positivo de 1.891 empregos no mesmo período.
O saldo acumulado de Volta Redonda se deve à indústria de transformação, que gerou 679 empregos nos últimos 12 meses, seguida pelo setor de serviços, com 639. Seguem-se comércio (317), administração pública (237), construção civil (172) e serviços industriais de utilidade pública, que engloba os setores de água e energia elétrica, com 97. Só apresentam saldo negativo os setores de extração mineral (-2) e agropecuária (-3).
No mês de janeiro , o comércio teve saldo negativo de 315. Esse desempenho se deve às dispensas de trabalhadores contratados temporariamente para atender ás vendas de fim de ano. Também tiveram saldo negativo a construção civil (-47), serviços (-26), indústria (-19), serviços industriais de utilidade pública (-2), administração pública e agropecuária (-1 cada). O setor de extração mineral teve um saldo positivo de 1 emprego.
BARRA MANSA – Com um saldo positivo acumulado de 469 empregos, Barra Mansa é a segunda cidade do Sul Fluminense com melhor empregabilidade nos últimos 12 meses. Em janeiro, a cidade teve um saldo negativo de 170.
RESENDE – A cidade das Agulhas Negras acumula, em 12 meses, um saldo positivo de 457 empregos e é a terceira do Sul Fluminense. Em janeiro, teve saldo positivo de 142.
PARATY – Apesar de ter tido saldo negativo de 28 empregos em janeiro, a cidade acumula uma variação positiva de 81 nos últimos 12 meses.
ANGRA DOS REIS – A cidade teve um saldo positivo de 24 vagas em janeiro, mas acumula uma redução de 1.402 empregos nos últimos doze meses.

VIA: Diário do Vale | Foto: Arquivo

Loading

Mais Matérias

Pesquisar...