Search
Close this search box.

O Gonzagão, o Menino que Virou Rei, espetáculo que leva a cultura nordestina ao Sul Fluminense se apresenta na próxima semana

“Gonzagão, o Menino que Virou Rei” é uma viagem pela vida de Luiz Gonzaga, desde sua infância humilde no interior de Pernambuco até se tornar uma lenda da música brasileira. Através de música, dança e literatura de cordel, o espetáculo retrata a cultura nordestina e homenageia o legado do Rei do Baião. O elenco, que inclui Daniel Gonzaga e Alice Gonzaga, promete encantar o público com sua interpretação e talento.

O espetáculo “Gonzagão, o Menino que Virou Rei”, que já encantou a região, retorna suas apresentações e promete envolver o público do sul fluminense do Rio de Janeiro em uma experiência cultural singular. Com uma mistura de teatro, música e cultura, a iniciativa celebra a vida e a obra de Luiz Gonzaga, um dos maiores ícones da música nordestina brasileira.

O projeto itinerante levará um espetáculo teatral musical homônimo a três municípios da região: Miguel Pereira, Paty do Alferes e Vassouras. Essas cidades desempenharam papéis significativos na vida de Luiz Gonzaga, tornando-se locais relevantes para a apresentação do espetáculo. O musical conta com a participação de 18 artistas em cena, incluindo atores, cantores, músicos e dançarinos. Destaca-se ainda a presença do renomado cantor Marcus Lucenna e a participação especial do neto, da bisneta e bisneto de Luiz Gonzaga, Daniel Gonzaga, Alice Gonzaga e Joaquim Gonzaga, respectivamente. Através de músicas e literatura de cordel, o espetáculo narra a trajetória do Rei do Baião, oferecendo ao público uma imersão na cultura nordestina.

A importância de Luiz Gonzaga para a cultura brasileira é inegável. Reconhecido como Herói da Pátria, sua música e sua trajetória são fundamentais para a compreensão da identidade cultural do país, especialmente do Nordeste. O espetáculo não apenas celebra sua vida, mas também proporciona uma experiência enriquecedora ao público, permitindo que as novas gerações se conectem com sua obra atemporal.

É importante destacar que todas as apresentações serão acessíveis, contando com suporte de interpretação em libras e ambiente adaptado para cadeirantes. Além das apresentações, o projeto também promoverá palestras gratuitas sobre a importância da cultura nordestina, abertas à comunidade local.

Cronograma de Apresentações:

• 17/05/2024, às 19h30 – Praça Barão de Campo Belo – Vassouras/RJ

• 18/05/2024, às 20h – Calçadão do Grawatta – Miguel Pereira/RJ

• 19/05/2024, às 19h – Praça Nilo Mont’Mor – Avelar, Distrito de Paty do Alferes/RJ

Mais Matérias

Pesquisar...