Vale oferece emprego e indenização a família de trabalhadores em 2019

A Vale, empresa responsável pela barragem que se rompeu em Brumadinho (MG) e matou pelo menos 157 pessoas, apresentou ao Ministério Público do Trabalho uma proposta de indenização aos trabalhadores da empresa na cidade mineira e terceirizados em que garante emprego até o fim do ano e indenização a familiares.

O rompimento da barragem deve resultar na maior ação trabalhista do país. O acordo ainda não foi fechado.

A mineradora propôs uma compensação por danos morais às famílias dos trabalhadores que morreram de R$ 300 mil aos cônjuges ou companheiros, R$ 300 mil a cada um dos filhos, R$ 150 mil ao pai, R$ 150 mil à à mãe e R$ 75 mil para irmão.

Além disso, propôs garantir o emprego ou o salário de todos os funcionários de Brumadinho até 31 de dezembro, o que, diz, passará a cumprir imediatamente. Para mitigar os danos materiais, a Vale ofertou pagar 2/3 do salário líquido de cada trabalhador até ele completar 75 anos.

A Vale disse também que vai arcar com o plano médico dos familiares das vítimas, tanto de funcionários quanto de tercerizados, vitalício para cônjuges e companheiros e até os 22 anos para dependentes.

Além disso, ofertou atendimento psicológico aos trabalhadores, auxílio creche de R$ 920 aos que têm filhos de até três anos e auxílio-educação de R$ 998 aos que têm filhos de até 18 anos.

A proposta, promete a Vale, é independente do pagamento de R$ 100 mil às vítimas que a empresa vem pagando. Com informações da Folhapress.

VIA: Noticias ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

+ 12 = 22