Smartphones da Huawei voltarão a ser vendidos no Brasil em maio

Estamos ouvindo já há algum tempo sobre a intenção da Huawei voltar ao mercado brasileiro. Ano passado teve aquela conversa de que faria uma parceria com a Positivo, mas não rolou. Só que agora, a empresa diz que vai voltar mesmo a vender celulares por aqui, quatro após deixar o setor no Brasil.

Em entrevista ao Estadão, Ketrina Dunagan, vice-presidente sênior de marketing da Huawei nas Américas, disse que a marca começará a comercializar smartphones no Brasil em maio, e a promessa é chegar logo com modelos premium — o que confirma o que foi dito pela chefe de relações públicas da Huawei Mobile, Gleice Rodrigues, afirmou durante o Mobile World Congress.

A decisão da chinesa de voltar com aparelhos topo de linha faz sentido, pois o mercado brasileiro é muito diferente do que era há quatro anos. Na ocasião, a Huawei trouxe para cá dispositivos de entrada e intermediários, mas não foi bem sucedida. Agora, com um mercado mais maduro, trazer aparelhos mais sofisticados, além de atender ao público que gasta bastante por um aparelho, ajuda a criar uma percepção de marca melhor. A missão da empresa por aqui, como aponta Renato Meirelles, da consultoria de mercado IDC, é provar que faz produtos melhores que Apple e Samsung.

No início, os aparelhos serão importados, mas Ketrina ressaltou que até o fim do ano o plano é passar a fabricar alguns modelos por aqui.

A única coisa decepcionante da entrevista é que a executiva não deu nenhuma pista dos aparelhos que vão fazer parte desta volta da Huawei ao Brasil. No site de eletrônicos de consumo da Huawei, o destaque é o P20 Pro, aparelho lançado no ano passado e que foi bastante elogiado em análises de sites de tecnologia.

A Huawei tem estado no noticiário já há um tempo pela ótima qualidade dos seus aparelhos e pelo desenvolvimento de redes e equipamentos 5G. Na área de smartphones, a empresa começou a fazer aparelhos com boas especificações (inclusive usando sensores da Leica em suas câmeras) e com diferentes faixas de preço. O sucesso da fabricante chinesa fez com que ela superasse a Apple, tornando-se a segunda maior fabricante de celulares do mundo.

Considerando que a estreia da marca será em maio, fico me questionando se a Huawei vai começar a vender alguns P20 Pro a princípio ou se já vai aterrissar no Brasil com o aguardado P30, que será apresentado em 26 de março, num evento em Paris. Voltar ao mercado brasileiro com um produto recém-lançado seria uma reestreia e tanto, hein?

VIA:  Gizmodo | Por: Guilherme Tagiaroli

DEIXE UMA RESPOSTA

+ 85 = 93