MP denuncia acusado de matar agente penitenciário e grávida em Duque de Caxias

O Ministério Público (MP) do Estado do Rio de Janeiro denunciou à Justiça Flavio Francisco Silva dos Santos pelo assassinato do agente penitenciário José Carlos da Rocha e de sua mulher Veronica Sabrina Souza Silva durante uma série de roubos de carros na Avenida Pelotas, em Duque de Caxias. O denunciado foi preso no dia 31/01.

O latrocínio ocorreu no dia 31 de dezembro de 2018 durante “arrastão” praticado pelo denunciado e seus comparsas. De acordo com a denúncia, Flavio Santos já havia roubado um outro carro na mesma ocasião, e, ao prosseguir para o carro de José Carlos, a vítima tentou reagir e houve troca de tiros. O denunciado atingiu José Carlos e a esposa Veronica, que estava grávida, resultando na morte dos dois. Os tiros efetuados pelo denunciado e seus comparsas atingiram, ainda, uma terceira vítima que estava em um ponto de ônibus próximo. Ela foi socorrida.

A denúncia foi recebida pela 1ª Vara Criminal de Duque de Caxias, que decretou a prisão preventiva do acusado. Na decisão é exposto que os autos relatam a “crimes graves e praticados com extrema violência, de modo a incrementar a situação de insegurança coletiva.” Flavio Francisco vai responder pelos crimes de latrocínio, roubo e lesão corporal.

As investigações e a prisão do denunciado foram realizadas pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

VIA: O Dia | Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

+ 87 = 95