Mais de 30 mil peças do passado da Família Imperial são encontradas durante obras no RioZoo

esouros arqueológicos foram encontrados durante obras no RioZoo — Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Mais de 30 mil peças consideradas tesouros arqueológicos foram encontradas durante as obras de modernização do Zoológico do Rio, que fica na Quinta da Boa Vista, na Zona Norte do Rio.

Os objetos são do início do século XIX até os primeiros anos do século XX fazem parte da história do país e da que abrigou no passado a família real na Quinta da Boa Vista.

Boa parte dos itens remonta a meados do século XIX, quando no local existia uma vila de funcionários do Palácio Imperial. Entre achados estão muitos itens como louças, xícaras, pratos, talheres, ferraduras e até botões e broches de roupa com o brasão imperial, oriundos das roupas de militares.

Objetos serão expostos no Zoo e no Museu Nacional

Uma parte dos objetos vai compor uma mostra permanente dentro do novo zoológico, exibida na antiga sede do RioZoo, onde funcionou uma escola de formação técnica para os trabalhadores do Palácio da Quinta da Boa Vista, inaugurada por Dom Pedro II.

A estrutura do quartel será incorporada ao roteiro de visitação do novo zoológico, dentro da Biosfera dos Primatas, Ursos e Animais Aquáticos. A primeira vez que a construção apareceu em um mapa foi em 1910, mas em jornais de anos anteriores há referências às obras. A previsão é de que a atração seja aberta ao público no final deste ano, já com a exposição em funcionamento.

A maior parte do acervo, no entanto, será destinada ao Museu Nacional, que sofreu um incêndio no ano passado e perdeu milhares de seus objetos expostos.

Tesouro arqueológico é encontrado durante obras do RioZoo — Foto:  Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Tesouro arqueológico é encontrado durante obras do RioZoo — Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

VIA: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

4 + 6 =