Google quer executivo para liderar setor de dispositivos vestíveis

A Google quer começar a construir os seus próprios dispositivos vestíveis. Pelo menos é o que indica sua página de carreiras: a empresa está procurando um vice-presidente para o setor de engenharia de hardware para equipamentos vestíveis.

Atualmente, o único produto wearable criado pela Google foi o Pixel Buds. Os fones de ouvido, entretanto, não foram um sucesso entre o público, como ressaltou o site Android Police. É improvável que a nova contratação dedique-se apenas ao produto – a Google parece estar apostando na criação de novos dispositivos, como smartwatches. A gigante de tecnologia já possui o seu próprio sistema operacional para relógios inteligentes.

false© Fornecido por Unilogic Media Group Ltda false

O site do Google Careers publicou a vaga de emprego há apenas dois dias. A descrição diz:

“Como vice-presidente de engenharia de hardware de dispositivos vestíveis, você trabalhará em colaboração com a equipe de liderança sênior do Google Hardware e será responsável pelo design, desenvolvimento e envio de todos os produtos do Google Wearable. Você liderará uma grande organização de engenharia para o desenvolvimento de vários produtos vestíveis da próxima geração”.

Os pré-requisitos são exigentes: o profissional precisa possuir pelo menos 15 anos de experiência no desenvolvimento de produtos eletrônicos para consumidores e outros 12 anos de trabalho com a criação e produção de produtos eletrônicos em geral.

false© Fornecido por Unilogic Media Group Ltda false

Outro cargo listado é o de Gerente de Design para Wearables. A descrição do trabalho é um pouco mais vaga do que o anterior: “Como Gerente de Design da Wearables na organização Google Hardware Design, você será um líder e colaborador essencial para orientar os esforços para a definição e evolução do que significa segurar a ‘Google em suas mãos'”.

No mês passado, a empresa adquiriu tecnologia para relógios inteligentes da companhia Fossil. O negócio foi de US$ 40 milhões.

Fonte:  Android Police, GSMArena

DEIXE UMA RESPOSTA

8 + 1 =