Fluminense tem aproveitamento de apenas 37% em clássicos no século 21

© Fornecido por Areté Editorial S.A. Fluminense tem aproveitamento de apenas 37% em clássicos no século 21 (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Eliminado do Campeonato Carioca, o Fluminense terá muitas lições para tirar durante a temporada. A principal delas será nos clássicos, onde o desempenho é ruim: em sete duelos no ano, conquistou apenas uma vitória, um empate e sofreu cinco derrotas (23,8% de aproveitamento). Além disso, o LANCE! analisou os números e concluiu que essa queda de rendimento contra os principais rivais não é exceção em 2019, mas rotina no século.

De 2011 para cá, foram disputados 207 clássicos contra Flamengo, Vasco e Botafogo somando Campeonato Carioca, Brasileiro, Copa Sul-Americana ou Copa do Brasil. No total, são 53 vitórias, 73 empates e incríveis 81 derrotas neste período. O aproveitamento é de apenas 37%. Números ruins.

Contra o Flamengo, adversário com quem empatou neste sábado e foi eliminado do Campeonato Carioca, os números são de apenas 38% de aproveitamento no século 21. Os números mostram 75 clássicos disputados, com 21 vitórias, 24 empates e 30 derrotas. Ou seja, o resultado no último Fla-Flu não foi exceção.

Contra o Vasco, o Fluminense tem o seu pior rendimento. São apenas 30% de aproveitamento em clássicos disputados desde 2001. Foram apenas 11 vitórias, contra 26 empates e assustadoras 28 derrotas neste período. Os duelos contra o Cruz-Maltino carregam também uma curiosidade: se existe um retrospecto ruim atualmente, o rendimento era totalmente o contrário até os anos 90.

O Botafogo é quem faz os números subirem. São apenas duas derrotas de diferença para o Alvinegro no século 21 e o aproveitamento é de 42% neste período. São 21 vitórias, 23 empates e 23 derrotas desde 2001. Se não contasse o ‘Clássico Vovô’, o Tricolor teria apenas 23% de aproveitamento contra os rivais no Rio de Janeiro.

VIA: Lance | Por Marcello Neves

DEIXE UMA RESPOSTA

7 + 3 =