Search
Close this search box.

Plantar árvores incentiva a formação de nuvens e resfria o planeta de maneira eficiente

Um novo estudo mostra que o reflorestamento faz mais do que proteger a Terra com folhas verdes. Ele produz nuvens que também protegem o planeta dos raios solares. Parece óbvio, mas se plantarmos árvores, elas poderão resfriar o clima, ainda mais do que se pensava anteriormente.

Os pesquisadores da Universidade de Princeton descobriram que muitos modelos climáticos não levam em consideração as nuvens produzidas pelas áreas florestais, o que resulta em temperaturas mais frias.

+ ‘Pum de árvore’ é causador de 25% dos gases do efeito estufa; entenda

A pesquisa mostra que ao considerar que as nuvens se formam com mais frequência sobre áreas florestadas, a plantação de árvores sobre grandes áreas é vantajosa e deve ser feita para fins climáticos.

Alguns cientistas questionaram o benefício do reflorestamento em regiões de média altitude por causa do albedo – a capacidade da superfície terrestre de refletir a luz solar – quando as árvores decíduas perdem folhas durante as estações frias.

No entanto, o estudo mostra que o albedo reduzido é mais do que compensado pelas nuvens criadas por estas florestas quando as árvores folhadas liberam umidade para a atmosfera.

À medida que as nuvens passam entre o Sol e a Terra, elas produzem um efeito de resfriamento na temperatura. De acordo com a pesquisa, as nuvens têm um albedo elevado, semelhante à neve e ao gelo. No entanto, as nuvens são normalmente descartadas em muitos estudos que examinam a mitigação natural das mudanças climáticas.

O estudo combinou dados de satélite de nuvens com modelos que estimam a interação entre as plantas e a atmosfera. Os pesquisadores concluíram que o resfriamento das nuvens e o aumento da absorção de dióxido de carbono eram mais benéficos do que a radiação solar absorvida pelas áreas florestadas.

No entanto, os autores pediram cautela ao considerar a reflorestação de uma determinada área. É necessária mais investigação para determinar como e o que tem de ser feito em uma região antes do início do plantio de árvores.

Não se pode considerar apenas as mudanças climáticas. Outros fatores, tais como a biodiversidade e o fato de a terra ser também necessária para a produção de alimentos devem ser considerados.

Segundo os autores, os próximos estudos devem continuar considerando o papel das nuvens. Mas devem concentrar-se em regiões mais específicas e levar em consideração a economia do local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Matérias

Pesquisar...