Search
Close this search box.

Após discordância sobre herança, filhos de Gugu Liberato não se seguem mais

Marina e João Augusto Liberato, filhos de Gugu Liberato, não se seguem mais no Instagram. Ambos defendem posicionamentos contrários a respeito do processo de reconhecimento da união estável do apresentador com a mãe, Rose Miriam Di Matteo.

Assim como a irmã gêmea Sofia, Marina fez defesa à mãe diante do processo movido contra a tia, Aparecida Liberato. As duas acreditam que a Justiça deve reconhecer a união estável para que Rose possa ter direito a uma parte da herança avaliada em R$ 1 bilhão.

As jovens de 17 anos se posicionaram em vídeo divulgado ainda nesta semana, em que também acusam Aparecida de manipulações e de mentiras. No relato, Sofia fala que a tia negou a realização de um sonho: a compra de uma Porsche. Ao UOL, o advogado de defesa das irmãs disse que o conteúdo em vídeo foi “indevidamente vazado”.

João Augusto Liberato se posicionou oficialmente sobre o tema em julho deste ano, através de um comunicado. O jovem de 19 anos afirmou que Marina e Sofia estão passando por manipulações e criticou a postura de Rose Miriam.

“Fico triste e indignado em ver as mentiras e a nova manipulação que vêm sofrendo as minhas irmãs, duas adolescentes, que não percebem que as pessoas estão atendendo seus próprios interesses. Se tivessem mais idade e experiência perceberiam, sem dúvida”, disse João.

Um pouco antes do posicionamento do filho mais velho, as gêmeas receberam emancipação para apoiarem a mãe no processo de reconhecimento da união estável.

Gugu Liberato faleceu aos 60 anos em novembro de 2019 depois de sofrer uma queda em sua casa nos Estados Unidos. Ele deixou 75% do se patrimônio, avaliado em R$ 1 bilhão, para os filhos e o restante aos sobrinhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Matérias

Pesquisar...