Search
Close this search box.

SP: Falsos sequestradores mantêm idosa ao telefone por 18 horas seguidas

A Polícia Civil de São Paulo prendeu quatro pessoas em flagrante por suspeita de extorsão contra uma idosa de 66 anos, em Santos, no litoral paulista. A idosa passou cerca de 18 horas ao telefone, sem intervalo, enquanto os criminosos fingiam ter sequestrado o filho mais velho dela, que mora em outro país. As informações são do G1.

De acordo com a polícia, o golpe contra a idosa começou na noite de domingo (18), por volta das 18h. A ligação se estendeu até aproximadamente às 12h de segunda-feira (19). “Ela recebeu um telefonema onde pessoas diziam que um dos filhos dela, que reside no Catar, havia sido sequestrado. Afirmavam que, caso ela não desse o dinheiro exigido, ele seria morto”, contou ao G1 o delegado Luiz Ricardo de Lara, responsável pela investigação.

“Desesperada, ela conseguiu pegar joias, bens de valor material e sentimental, além de dinheiro, e entregou para os criminosos durante a madrugada”, disse Lara.

Ainda segundo a polícia, quando o filho mais novo da idosa, de 38 anos, soube do ocorrido, ele entrou em contato com o irmão mais velho e concluiu que a mãe havia sido vítima de um golpe de falso sequestro. Ainda assim, a idosa não acreditou

Conforme o delegado, a mulher já havia arrecadado mais dinheiro para realizar outro pagamento aos criminosos. “Então, como o filho viu que ela não acreditaria nele, nos acionou e explicou tudo, além de apontar o local onde seria feito o pagamento”, contou Lara.

Os agentes da polícia fizeram campana no local e conseguiram flagrar três pessoas em um carro, que fizeram a retirada do valor deixado pela vítima. Eles foram abordados e presos em flagrante.

Durante as investigações do caso, a polícia descobriu ainda o envolvimento de outra mulher no caso, que estava com parte dos pertences da vítima. Segundo Lara, mais de 80% do que foi exigido da idosa foi recuperado pela polícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Matérias

Pesquisar...