Search
Close this search box.

Usuários do Facebook podem receber quase R$ 2 mil em processo

Os usuários do Facebook de Illinois, nos Estados Unidos, podem ter direito a pelo menos US$ 345 cada (R$ 1.900 no câmbio de hoje, 27) depois que um juiz federal aprovou um acordo de US$ 650 milhões (R$ 3,5 bilhões) em uma ação judicial.

O acordo discute o uso da tecnologia de reconhecimento automático de fotos do Facebook para marcar seus usuários. A rede social tem o recurso desde 2015, mas, em 2019, com a atualização das suas políticas de privacidade foi aberto o precedente legal.

De acordo com matéria da Fox Business, a gigante da mídia social concordou inicialmente em pagar o acordo recorde em julho de 2020, após uma ação coletiva de Illinois contra o uso da tecnologia, que violou a lei de privacidade biométrica do estado.

O estado de Illinois é o único com uma lei que permite que as pessoas peçam indenização monetária por essa coleta de dados não autorizada. O resultado da ação coletiva tem sido comemorado por juízes do País por ser o primeiro nesse âmbito.

Outros gigantes da tecnologia foram criticados em Illinois por seu uso de tecnologia de reconhecimento facial sem o consentimento do usuário. A empresa-mãe da TikTok, ByteDance, é uma das redes que também está em negociação com o estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Matérias

Pesquisar...