Rio foi a capital mais quente do Brasil em 24 dias de janeiro

Loading

A capital mais quente do Brasil neste verão é o Rio de Janeiro. Levantamento do G1 com o Climatempo, usando dados do Inmet,apontou que, até a última quinta-feira (31), em 24 dias, a máxima mais alta foi da Cidade Maravilhosa – cujo janeiro de 2019 foi o mais quente desde 1922.

Na média das máximas, o Rio ficou com 38 graus, isolado em primeiro lugar. Na sequência vêm Boa Vista (RR), com 35º; Vitória (ES), com 34º; e Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e Teresina (PI), com 33º.

E fevereiro não será muito diferente. Para esta sexta (1) e o fim de semana, a previsão é de com sol e muito calor, com termômetros passando dos 40ºC.

Por que tanto calorão?

A culpa é do El Niño, que nem chegou ao auge. O aquecimento acima dos padrões das águas do Oceano Pacífico, que de tempos em tempos mexe com o clima de toda a América do Sul, não só elevou as temperaturas no Rio: também reduziu as chuvas.

A máxima prevista para esta quinta-feira (31) era de 42ºC, o que roubaria do 3 de janeiro o título de dia mais quente do ano. A máxima, entretanto, ficou em “apenas” 37,7 graus, ainda assim suficiente para ficar acima de todas as outras capitais mais uma vez, à frente de Palmas, que nesta quinta teve máxima de 36,8 °C.

O primeiro mês de 2019 teve outro recorde, que não era batido havia quase 100 anos: só em 1922 fez mais calor na cidade, na média.

Entenda o forte calor no Rio e veja o registro das máximas na cidade — Foto: Infografia: Wagner Magalhães/G1Entenda o forte calor no Rio e veja o registro das máximas na cidade — Foto: Infografia: Wagner Magalhães/G1

Entenda o forte calor no Rio e veja o registro das máximas na cidade — Foto: Infografia: Wagner Magalhães/G1

Previsão para fevereiro

O clima na cidade não muda no mês que começa nesta sexta (1). Assim como janeiro, fevereiro terá dias quentes acima da média e chuvas pontuais, ainda que fortes. Uma delas está prevista para a próxima segunda-feira (4).

Sol forte na manhã do Rio — Foto: Reprodução/TV Globo

Sol forte na manhã do Rio — Foto: Reprodução/TV Globo

Loading

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Matérias

Pesquisar...